Nossa história

O Bellatucci (fundado em 2017) é o café da Jéssica Pereira, a primeira empreendedora com síndrome de Down no Brasil. 

Jéssica Pereira, 26 anos, é uma cozinheira de mão cheia. Já teve aulas de gastronomia com chefs renomados como Henrique Fogaça, Claude Troisgros, Guga Rocha e Carlos Bertolazzi. Ter Síndrome de Down nunca a limitou e o Bellatucci Café é a prova disso.

Jéssica tem dois sócios nessa empreitada, sua irmã Priscila Della Bella e seu cunhado Douglas Batetucci, que abriram mão de outros objetivos financeiros para investir no sonho da Jéssica.

O Bellatucci Café tem como missão principal a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho e mostrar a sociedade que eles podem – aliás devem – ser protagonistas da própria história. Ninguém deve usá-los para dizer “fulano, é minha melhor história”. Não! A Jéssica está construindo a sua própria história, a família está sempre por perto ajudando-a, inclusive em seu café, mas os méritos são todos dela. Hoje ela pode dizer: “Eu sou a minha melhor história!

Os colaboradores do Bellatucci Café estão aqui por merecimento e competência e são escolhidos a dedo pela Jéssica, que como dona do negócio participa ativamente das tomadas de decisões. Lutamos pela real inclusão, na qual, em vez das pessoas os olharem e dizer “ai que bonitinhos!”, elas devem olhar o trabalho deles e dizer “sim, eles são capazes e competentes!”

Ah! Oferecer um excelente café, um cardápio gostoso cheio de quitutes caseiros e um atendimento de primeira também faz parte da nossa missão.

Aqui, o nosso lema é “estamos sempre em treinamento”. Então, venha, tome seu café com calma, curta esse momento de sossego na alma e aconchego no coração e aproveite para bater um papo e ganhar um abraço gostoso da Jéssica e dos seus amigos. Claro, depois que eles já tiverem os recebido, anotado seu pedido, preparado e servido seu prato com muito carinho e zelo. Porque aqui eles trabalham de verdade!

O Bellatucci Café é um projeto familiar, que não conta com recursos financeiros de patrocinadores ou do Governo. Não somos uma ONG, somos um empreendimento de impacto social.